Projeto

Texto
Compartilhar

Qualidade Intrínseca da Soja

PERÍODO
Lançado em 2008

OBJETIVO
Equacionar os problemas de classificação para que os produtores recebam remuneração justa pela sua produção.

ÁREA DE ATUAÇÃO
Comercialização

DESCRIÇÃO
O projeto visa fazer com que todas as empresas compradoras de grãos de soja adotem uma metodologia única e transparente de desconto e classificação do produto. Além disso, a Aprosoja busca obter validações científicas que comprovem a ótima qualidade intrínseca da soja mato-grossense, para no futuro pleitear valores adicionais por proteína e óleo para os produtores.

Este projeto culminou na criação da Câmara de Conciliação da Soja e do Grupo de Trabalho de Classificação de Grãos, ambos parte integrante da Câmara Setorial da Soja do MAPA.

Em 2012, o projeto foi dividido em três subprojetos:

I – PADRONIZAÇÃO DA CLASSIFICAÇÃO E AMOSTRAGEM: objetiva padronizar a classificação de grãos em Mato Grosso. Para orientar sobre os procedimentos corretos de classificação e esclarecer dúvidas em caso de divergências na classificação disponibilizamos as Cartilhas de Procedimentos de Descontos – volume I e II. 

Desde 2010, o Grupo de Trabalho de Classificação, integrante da Câmara Setorial da Soja do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, composto por representantes de produtores e empresas, reúne-se constantemente com intuito de padronizar a classificação, e em breve será disponibilizada, no site, a nova cartilha. 

II – DESCONTOS: o principal objetivo é padronizar a fórmula de descontos e estimular a transparência dos descontos praticados pelas empresas receptoras de soja em Mato Grosso. O subprojeto auxilia o produtor a avaliar e comparar os descontos praticados. Para isto, são utilizados, como base, romaneios enviados pelos produtores de todo o estado, que são analisados pelo Departamento de Economia Rural da Universidade Federal de Viçosa. Disponibilizamos um simulador que compara o desconto aplicado por cada empresa, onde é possível fazer simulações de venda da soja nos diferentes níveis de impureza, umidade e avariados. 

 III – QUALIDADE INTRÍNSECA: busca avaliar a qualidade física e nutricional de cultivares de soja produzidas em diferentes regiões do estado, comparando principalmente os teores de óleo e proteína.  O intuito é oferecer aos produtores conhecimento para produzir soja segregada e de melhor qualidade, atendendo as exigências comerciais internacionais do mercado. É realizado em parceria com a Universidade Federal de Mato Grosso. 

Para efeitos de comparação com o produto nacional, disponibilizamos relatório com dados dos teores nos Estados Unidos.


PARCEIROS

Aprosoja Brasil, Cetreinar, UFMT, O Classificador, Universidade Federal de Viçosa

 

ARQUIVO PARA DOWNLOAD
Clique aqui para conferir a cartilha Avaliação de Perdas na colheita de soja na íntegra.  

Clique aqui para conferir o Relatório Nutricional safras 2012-13 e 2013-14.

Clique aqui para conferir a Análise da Qualidade Física e Nutricional da Soja, Safra 2011/2012

Clique aqui para conferir a Análise da Qualidade Nutricional da Soja Safra 2012/13 e 2013/14 

Clique aqui para conferir a Situação dos teores proteína de soja em Mato Grosso

Clique aqui para conferir a Apresentação Rally da Safra - Safra 2014/2015

Clique aqui para conferir a Análise da Qualidade Física e Nutricional da Soja, Safras 2008/09 e 2009/10

Clique aqui para conferir a Análise da Qualidade Física e Nutricional da Soja, Safras 2009/10 e 2010/11

CONTATO
Cristiane Sassagima -  cristiane.neves@aprosoja.com.br

Cristiani Bernini -  cristiani.bernini@aprosoja.com.br



Veja Também