Os impactos de decisões políticas e as medidas econômicas adotadas pelos governos Estadual e Federal têm norteado o debate promovido entre a equipe da caravana do 14º Circuito Aprosoja e os produtores rurais que participam do evento. Com o painel “Custo + Tributação+ Agricultura em Risco”, nesta etapa caravana levou o debate às cidades da Região Sul: de Alto Taquari, Alto Garças, Rondonópolis, Primavera do Leste, Campo Verde e Jaciara. A próxima região a ser visitada será a Leste, a partir do dia 3 de junho. 
 
 “O produtor está cada vez mais atento às discussões políticas e econômicas, pois entende que as decisões vão impactar na nossa atividade. Vimos uma mudança de comportamento entre 2018 e 2019 e, com certeza, isso se deve ao cenário atual que vivemos e que serviu de base para escolhermos o tema do Circuito deste ano. A participação não só em quantidade, mas na discussão, nos surpreendeu”, afirma o presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MT), Antonio Galvan, que acompanha a caravana em todas as cidades.
 
Para o delegado coordenador, Celestino , a troca de informações é necessária e o novo formato agradou o público. “Tivemos uma participação grande dos nossos associados e todos aprovaram a nova formatação, pois permite maior interação entre os produtores e os debatedores. Foi excelente”, afirmou o delegado da Aprosoja.
 
Produtor rural em Alto Taquari, Douglas Junior, considerou de extrema importância o tema abordado nesta edição. “Trouxeram temas polêmicos e atuais que, de outra forma, não teríamos a oportunidade de debater. A presença do Miguel Daoud enriqueceu muito o debate e fez a diferença nessa edição, que pra mim foi uma das melhores”, disse. 
 
Outro município da Região Sul visitado foi Rondonópolis, onde a participação também foi intensa. “A Aprosoja tem ouvido o produtor, ela é a nossa casa e participar dos eventos da entidade é prestigiar a própria classe produtora”, disse o delegado coordenador, Tarcis Sachetti. 
 
Para o produtor rural de Primavera do Leste, Sidney Polato, mais que levar informação, por meio de ações como o Circuito, a Aprosoja consegue promover a união entre os produtores. “As demandas apresentadas são pertinentes, pois são dificuldades que temos no dia a dia. É importante nós, produtores, sabermos que temos uma entidade preocupada com a gente, brigando por nós e tentando unir a classe”, afirmou o produtor. 
 
Responsável pela mobilização junto aos delegados coordenadores e associados de toda Região Sul, o vice-presidente Sul, Fernando Ferri, reforçou a importância do tema que vem sendo tratado. “O desafio é hoje, a solução é para ontem, e vimos que realmente os produtores vieram em busca dessa solução. Estão todos de parabéns pelo grande evento. Esse Circuito está sendo um dos melhores, pois trouxe uma demanda latente e discussão de alto nível para os produtores”, disse Ferri.
 
SERVIÇO – A próxima, e última, etapa será realizada na Região Leste de Mato Grosso, com início no dia 3 de junho no município de Gaúcha do Norte. A programação completa clicando aqui e também nas redes sociais da entidade.