Releases

Texto
Compartilhar

Defesa Agrícola

Pesquisa, tecnologia e classificação foram temas de reunião da Defesa Agrícola

Comissão da Aprosoja se reuniu nesta quinta (12) para tratar de temas estratégicos para os associados

13/04/2017

A comissão de Defesa Agrícola da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) se reuniu nesta quarta (12) para tratar de pautas importantes para os agricultores do estado. Um dos assuntos foi a parceria da associação com a Fundação Mato Grosso, CAD - Parecis, e os projetos para a safra 2017/18.

“Debatemos os protocolos de pesquisa da safra 2016/17 e, agora, o que vamos implantar na próxima safar. A comissão consolidou os protocolos de acordo com a importância para o produtor rural. São nas áreas de manejo de solo, programa de monitoramento de adubação (PMA), solos, fitopatologia, nematologia e controle de pragas”, explica Roseli Giachini, 2ª vice-presidente da região Norte e coordenadora da comissão.

A tecnologia RR para o milho também foi discutida durante a reunião. Porém, foram apontadas dificuldades de controle em meio à soja RR. “A mesma tecnologia nas duas culturas faz com que se tenha dificuldade de controle de pragas e plantas espontâneas. Se não fizer um controle eficiente, ficam plantas voluntárias de milho nas lavouras de soja e multiplicam pragas, como é o caso da Dalbulus Maidis que é uma cigarrinha e dá muito prejuízo na cultura do milho. A mosca branca também, pois dependendo da espécie pode atacar todas as principais culturas”, afirma Roseli Giachini.

O projeto Classificador Legal também foi destacado durante o encontro e os membros da comissão ressaltaram a importância de ter um profissional à disposição dos agricultores para dirimir dúvidas em relação à classificação de grãos no estado.

“A comissão achou importante que o projeto continue durante a colheita e expedição de soja e milho durante as safras. Os membros ressaltaram também a necessidade do produtor rural ou colaborador indicado fazer um curso ou treinamento sobre classificação para entender o processo”, diz a coordenadora da comissão.

Também foram temas da reunião o IV Simpósio Agroestratégico, a visita à Pioneer e o debate sobre qualidade de sementes, custos de análise de resíduos de herbicidas e priorização de registros de agrodefensivos no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). 

Fonte: Ascom Aprosoja

Assessoria de Comunicação

Contatos: Telefone: 65 3644-4215 Email: comunicacao@aprosoja.com.br

Veja Também