Releases

Texto
Compartilhar

Fortalecimento Institucional

Executivos chineses conhecem suinocultura e agricultura mato-grossense

Com o segundo maior consumo de carne suína do mundo, indústria chinesa de suínos cresce em ritmo acelerado

22/11/2017

Empresários chineses conheceram o potencial da suinocultura e da agricultura em Mato Grosso nesta terça (21). Uma delegação de executivos da indústria apresentou o panorama chinês e a demanda por grãos que pode ser suprida pelo Brasil.

A China ainda importa um milhão de quilos de carne suína além da produção interna. E para suprir a demanda por ração, os chineses necessitam importar 9 milhões de toneladas de soja.

“A demanda chinesa já é conhecida no nosso país e eles são os nossos principais consumidores. Para estreitar esta relação, precisamos oferecer produtos ainda mais competitivos. A logística e a burocracia afetam o preço do que vendemos para os chineses”, afirma Endrigo Dalcin, presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja).

O diretor comercial da Muyan Foods Co., Liu Fazhan, explicou que a China é o primeiro país em criação de carne suína e é o segundo maior consumidor do planeta. Setenta por cento da carne consumida pelos chineses é suína. O diretor comercial chinês também afirma que o governo está melhorando a legislação e padronizando a produção no país.

“A suinocultura chinesa está passando por uma grande mudança, porque deixa de ser produzida em pequenas propriedades para se tornar uma atividade industrial. E ainda temos um preço elevado para o produto. Por isso, buscamos parcerias para melhorar o custo, assim como a produtividade e a qualidade”, conta Fazhan.

O governador de Mato Grosso, Pedro Taques, diz que o estado tem uma grande produção, mas pequeno mercado consumidor. “Mato Grosso quer produzir mais e com mais qualidade e temos condições para isso. Mas produzimos para exportar, precisamos do mercado consumidor”, fala.

O diretor executivo da Aprosoja, Wellington Andrade, apresentou os números da agricultura no estado e também os programas e eventos da associação, entre eles o Soja Plus, Guardião das Águas, Circuito Aprosoja e Circuito Tecnológico.

Participaram da reunião, além dos 16 CEOs chineses, o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Carlos Avalone, o secretário adjunto de Agricultura Econômica, Alexandre Possebon, o presidente da Associação dos Criadores de Suínos de Mato Grosso, Raulino Machado, Paulo Osaki, gestor de projetos do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), entre outros.

 

Fonte: Ascom Aprosoja

Assessoria de Comunicação

Contatos: Telefone: 65 3644-4215 Email: comunicacao@aprosoja.com.br

Veja Também